Sistemas Distribuidos: Oferecendo ao Usuário o que ele Precisa

Operar com sistemas distribuídos é proporcionar ao usuário um acesso tranqüilo e facilitado aos recursos disponíveis de forma remota. Desta forma, um usuário que utilize os sistemas distribuídos através de uma rede numa empresa, por exemplo, pode utilizar-se de computadores, impressoras e diversos periféricos de hardware interligados de forma independente; simples e partilhada. Assim, torna-se possível uma grande economia de recursos sem a necessidade da compra de muitos equipamentos que funcionem de forma individual.

Arquitetura de um Sistema Distribuído

Um grande e poderoso exemplo da capacidade dos sistemas distribuídos é a Internet. Através de um protocolo de comunicação relativamente simples, é possível realizar trocas de arquivos com música, vídeo e demais tipos de dados com computadores localizados em várias partes do planeta. Considerando que os sistemas distribuídos são compostos por várias fontes de processamento, armazenamento e transmissão de dados; os recursos referentes ao hardware necessário para possibilitar tal capacidade de processamento e propagação dos dados pelos sistemas distribuídos podem ser organizados de formas totalmente diferentes entre si.

Desta forma, as aplicações capazes de operarem em sistemas distribuídos então sempre em freqüente expansão e em desenvolvimento constante. Representando uma atrativa área de atuação para o profissional que deseja trabalhar com aplicações ligadas a esse ramo da informática. Com o objetivo de sempre alcançar o mais alto nível possível de eficiência e de segurança na operação e no trânsito das informações e dados pelos sistemas distribuídos, os profissionais que desenvolve aplicações voltadas para esse tipo de operação estão sempre sendo disputados e requisitados por empresas espalhadas por todo o território nacional e até mesmo no exterior.

Portanto, como em todas as áreas do mercado de trabalho, capacitação, competência e qualificação constante são os segredos para o profissional especializado em sistemas distribuídos consiga a tão sonhada colocação numa boa empresa e tenha a oportunidade de mostrar toda a sua competência e talento numa empresa de ponta. O profissional com conhecimentos avançados em sistemas distribuídos reúne os conhecimentos técnicos e científicos que se fazem necessários para atuar no mercado de trabalho projetando sistemas, métodos, e desenvolvendo softwares voltados para a operacionalização e a utilização racional e eficiente dos sistemas distribuídos.

Ainda espera-se do profissional desta área, a capacidade de desenvolver métodos e experiências voltados para a busca incessante do ganho de desempenho e de performance dos sistemas distribuídos. Da mesma forma que avaliando as propriedades e o comportamento dos sistemas existentes e operantes dentro do conceito de paralelismo e analisando formas de contornar e resolver problemas oriundos da alocação das fontes processadoras e o escalonamento de tarefas. O profissional que se dedique à área de sistemas distribuídos deve ter sempre em mente que as necessidades do usuário final devem sempre suplantar possíveis questões que se apresentem no momento da implantação ou operacionalização desses sistemas. Agindo com profissionalismo e visão, o profissional bem qualificado é disputado acirradamente pelo mercado e ago regiamente pelas empresas que entendem e aplicam o conceito de sistemas distribuídos em suas ações de processamento de informações.

Deixe um comentário

Um comentário

  1. Seria bom se tivesse ao menos o nome do autor do texto para que pudesse ser feita alguma referência em trabalhos acadêmicos.